Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Viver com a bipolaridade

Tenho um único propósito, para já, pois tenho uma doença mental (riso)! Partilhar com todos, os dispensarem uns minutos para ler, os meus pensamentos e sensações. Não me deixam descrever mais. Leiam! <3

Viver com a bipolaridade

Tenho um único propósito, para já, pois tenho uma doença mental (riso)! Partilhar com todos, os dispensarem uns minutos para ler, os meus pensamentos e sensações. Não me deixam descrever mais. Leiam! <3

01.Out.17

Insónia número 1000

Mais uma insónia... É terrível como o meu corpo quer sempre matar dias bons, momentos sem sobressaltos!

 

Hoje fui a uma peça de teatro no Chapitô, "Psicodelia do Amor" e houve uma frase que me marcou, era qualquer coisa como (não sei exatamente porque não decorei por completo): "Preciso de transformar essa dor em dom". E é um pouco o que faço na minha vida, transformar as mágoas em histórias e palavras que amo escrever.

 

Peça baseada na eterna história de Romeu e Julieta, com a beleza desse eterno amor. Gostava de ter registado frases lindas que foram ditas, mas como não consegui, aconselho a irem ver. (Mesmo que me lembra-se deveriam ver eheh).

 

Depois fui beber uma ginginha, apesar do alcool não ser compativel com a medicação, mas foi só um cheirinho e um desfrutar da vida boemia da noite de Lisboa. Coisa linda!

 

Não tirei muitas fotos estive mais a comtemplar o dia/noite. Ao lado do meu namorado, que tanto me mima. "Viver com a bipolaridade" é também viver com as coisas boas.

 

Vou tentar dormir apesar de só me apetecer ir vestir-me já para começar o novo dia.

 

Boa noite,

 

Sofia